Home Esportes Árbitro de São Paulo x Grêmio explica comemoração: “Não me contive”

O fim do empate entre São Paulo e Grêmio, na última segunda-feira, uma cena chamou a atenção: o árbitro Ricardo Marques Ribeiro comemorou muito após dar o apito final. As imagens viralizaram na internet, gerando vários memes. Afinal, por que o juiz celebrou? O próprio Ricardo explica:

– Depois do apito final, procurei externar minha satisfação de dever cumprido. Não é um procedimento comum, normal. Prezamos pela discrição. O que dá mais prazer ao árbitro é passar despercebido. Nem me dei conta que teria essa repercussão. Foi um ato muito espontâneo. Dada as circunstâncias do jogo, uma partida difícil, de uma equipe que briga pela liderança e outra contra o rebaixamento… Nos preparamos muito. Foi uma partida que exigiu muito da gente, muito intensa, de decisões difíceis – afirma o árbitro.

Na manhã desta terça, o árbitro, que integra o quadro da Fifa e apitou sua sexta partida nesta Brasileirão, ficou surpreso ao receber várias mensagens sobre a comemoração. Mas garante que foi elogiado e não recebeu ressalvas da Comissão de Arbitragem da CBF.

Vibração de árbitro chama atenção em São Paulo x Grêmio

Vibração de árbitro chama atenção em São Paulo x Grêmio

– Alguns colegas me cumprimentaram pela atitude, a forma de vibrar com o jogo. Até se emocionaram falando comigo. Árbitro é ser humano, movido por paixões, fraquezas, limitações… Em alguns momentos, as emoções se externam. Não é uma máquina que está ali. Não me contive – conta o árbitro.

Logo depois da partida, nas redes sociais começou a pipocar boatos de que não teria sido a primeira vez em que o juiz fora flagrado vibrando após um jogo. Ricardo Marques, porém, garantiu que se tratou, sim, de fato inédito em sua carreira. E vai tentar se segurar na próxima oportunidade.

– Vou me conter. Não é um padrão. Como árbitro internacional, sou uma referência aos mais jovens. É claro que, se voltar a acontecer, as pessoas vão entender. Não pode se tornar uma prática.

 
Ricardo Marques Ribeiro mostra o amarelo para Arthur, do Grêmio, em jogo contra o São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

Ricardo Marques Ribeiro mostra o amarelo para Arthur, do Grêmio, em jogo contra o São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

Longe das câmeras, o árbitro não teve tempo de comemorar a arbitragem de São Paulo e Grêmio.

– Acabamos ficando no hotel e pedindo um sanduíche. O voo era muito cedo. Saí do aeroporto e fui direto para o meu trabalho, com o WhatsApp cheio de mensagens. Tem que pensar no próximo jogo já, o próximo desafio – finalizou Ricardo Marques, que é auxiliar de desembargador no Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Deixe uma mensagem