Home Esportes Após beirar a morte, Charles Chenko renasce com gol pelo São Raimundo

A campanha do São Raimundo na Série B do Barezão não chega a empolgar a torcida, mas um jogador em especial tem muito o que comemorar. Depois de quase perder a vida, o atacante Charles Chenko reencontrou o prazer em jogar futebol. Melhor que isso, o artilheiro voltou a achar o caminho das redes e carimbou a passagem  do Tufão para as semifinais do torneio.

“Depois do meu acidente, muitas pessoas acharam que não poderia jogar novamente e graças a Deus pude voltar e num momento importante saiu o meu gol. Por isso só tenho de agradecer a Deus por ter me dado uma segunda oportunidade e estar fazendo o que mais gosto de fazer”, agradeceu Chenko, que por coincidência voltou a marcar justamente contra o time que anotou seu último gol na temporada, o Holanda.

Neste domingo (26), às 18h, no estádio da Colina, Chenko estará em campo contra o Cliper na briga direta pra quem fica com o segundo lugar na fase de classificação e garantir a vantagem de jogar por dois empates pra chegar à decisão. Apesar do gol, o camisa 17 espera melhorar na fase final do torneio.

“Estou vivendo um momento muito bom aqui no São Raimundo, que foi o clube que me abriu as portas depois do meu grave acidente e só tenho o que agradecer. Sei que ainda está faltando muito do Charles que todo mundo conhece, mas espero que junto dos meus companheiros possamos colocar o Tufão na Série A”, enfatizou o atacante lembrando que a desconfiança por sua plena recuperação ainda é uma barreira.

Chenko vem ganhando destaque com o Tufão na Série B (Foto: Antônio Assis/FAF)

“Não só o São Raimundo mas todos os outros clubes me fazem essa pergunta: se estou totalmente liberado. Antes de me contratar fui perguntando sobre isso, mas tenho todos os laudos de que posso estar atuando normalmente”, pontuou o jogador que não vê a hora de subir com o São Raimundo.

“Ainda falta muita coisa, mas sei que estamos no caminho certo. Queremos colocar o clube na primeira divisão e espero que a diretoria já esteja planejando 2018, porque se depender da minha vontade e dos companheiros vamos recolocar o Tufão na Série A de 2018, no ano do seu centenário”, concluiu.

Deixe uma mensagem